O PAPEL DAS VITAMINAS E MINERAIS NO CARDÁPIO DA CRIANÇA

Nutrição Pediátrica
Data de publicação: 27/11/2016
O PAPEL DAS VITAMINAS E MINERAIS NO CARDÁPIO DA CRIANÇA

A criança que não consome a quantidade adequada de vitaminas e minerais pode apresentar atraso no crescimento.

Você sabia que quanto mais colorida e variada a dieta da criança, mais chances de estar balanceada?

Mas, muitas mães sabem que nem sempre é fácil garantir que seu filho vai comer aquilo que precisa...

Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, na alimentação do pré-escolar, duas situações são conhecidas por dificultarem o estabelecimento de uma dieta qualitativamente saudável e variada:

1. Neofobia: é caracterizada pela dificuldade em aceitar alimentos novos ou desconhecidos, isto é, a criança nega-se a experimentar qualquer tipo de alimento que não conheça e que não faça parte de suas preferências alimentares.

2. Seletivo/ exigente para comer: refere-se à criança que rejeita uma grande variedade de alimentos, com uma dieta caracterizada por uma variedade muito pequena. A criança seletiva ingere baixas quantidades de alimentos com vitamina E, vitamina C, folato e fibras, provavelmente em decorrência do baixo consumo de vegetais.

Apesar de diferentes, estes comportamentos podem se manifestar de forma associada, dependendo da idade e do meio ambiente.1

Dentro de uma alimentação balanceada, as vitaminas e os minerais têm um papel muito importante para o crescimento e desenvolvimento normais da criança.2

A criança que não consome a quantidade adequada de vitaminas e minerais pode apresentar atraso no crescimento, carências nutricionais específicas e desenvolver doenças. 2,3

A anemia por deficiência de ferro é um exemplo e, atinge 40% da população mundial. 3

Todos os nutrientes são importantes, porém, nesta fase, temos alguns que são essenciais como: ferro, cálcio, vitamina A, vitamina D e Zinco. 1 

Podemos ingerir estes nutrientes através do leite, ovos, cenoura, gema de ovo, brócolis, feijão, salmão, entre outros.

Em algumas situações, o pediatra e/ou nutricionista, poderá indicar um suplemento nutricional para ajudar a atingir as necessidades nutricionais da criança.

Fortini é um suplemento nutricional rico em vitaminas e minerais, para crianças, fonte de cálcio e vitamina A e com alto teor de ferro, zinco e vitamina D.

Em uma porção de Fortini (7 medidas de pó) seu filho, na faixa etária de 4 a 6 anos, garante 20% da necessidade de cálcio do dia, 35% do ferro, 42% do zinco, 21% da vitamina A e 46% da vitamina D.4


Referências bibliográficas:
1 Manual de orientação Departamento de Nutrologia, SBP. Alimentação do lactente ao adolescente, alimentação na escola, alimentação saudável e vínculo mãe-filho, alimentação saudável e prevenção de doenças, segurança alimentar. 3 edição, RJ.
2 Mahan, L. Kathleen. Krause, Alimentos, Nutrição e Dietoterapia. 9 edição São Paulo 1998.
3 Waitzberg, Dan Linetzky. Nutrição oral, enteral e parenteral na prática clínica.3 edição, São Paulo, Editora Atheneu, 2000.
4 Monografia Fortini, Outubro 2010.

Consulte seu médico e/ou nutricionista.