PACIENTE ONCOLÓGICO: COMO AUMENTAR O CONSUMO DE PROTEÍNAS E CALORIAS?

Nutrição em oncologia
Data de publicação: 27/11/2016
PACIENTE ONCOLÓGICO: COMO AUMENTAR O CONSUMO DE PROTEÍNAS E CALORIAS?

A dieta do paciente deve ser fracionada de 2/2 ou 3/3 horas, contendo seis refeições ao dia.

A alimentação é fundamental quando o objetivo é ganhar ou manter o peso, e para alcançar o peso desejado, sua colaboração e entusiasmo são essenciais.

Durante o tratamento do câncer a ingestão calórica é necessária para a manutenção ou ganho de peso e o consumo de proteínas é importante para a manutenção do sistema imune e da massa muscular, o que ajuda a evistar a sensação de fadiga, muito comum durante o tratamento.

Lembre-se que sua dieta deve ser fracionada de 2/2 ou 3/3 horas, contendo seis refeições ao dia.

A apresentação das refeições é importante para abrir o apetite, refeições atraentes, saborosas e variadas ajudam no sucesso da dieta. Utilize temperos e ervas para melhorar o sabor e aroma dos alimentos.

Aqui vão algumas dicas de como aumentar as calorias e proteínas de sua dieta:

LEITE
•    Sempre use leite integral ao invés do leite desnatado, pois o leite integral é mais rico em calorias.
•   O leite pode ser fortificado com leite magro em pó.
•    Para aumentar ainda mais o valor calórico do leite, adicione duas ou mais colheres de leite em pó em um copo (300 ml) de leite comum. 
•    Sob orientação de seu nutricionista, acrescente suplementos nutricionais em pó, achocolatados, mel, açúcar mascavo, groselha e cereais como, por exemplo, granola.
•    Faça milk-shakes ou vitaminas com frutas frescas, secas ou em calda.
•    Use leite integral ao invés de água para preparar sopas, bolos, mingaus, pudins, molhos, pães etc.

CARNES
•    Acrescente às carnes molhos preparados com queijo, batatas e legumes de um modo geral.
•   Nos supermercados há uma grande quantidade de molhos prontos e fáceis de misturar. Você pode juntar leite integral aos molhos ou usar leite em pó para aumentar as calorias e também as proteínas.
•    Prepare caldos de carne e acrescente-os em suas refeições.
•    Inclua a carne nos recheios de sanduíches, tortas e pães.

LEGUMINOSAS
•    Adicione feijão, soja, lentilhas, grão-de-bico e ervilhas em sopas, saladas, tortas, etc.
•    Utilize mais os grãos do que o caldo quando cozidos em água.

SALADAS
•    Inclua nas saladas queijo em cubos, grão-de-bico, nozes, passas, frutas, atum, carnes, torradas, iogurte natural, azeite, maionese e molhos.
•    Utilize legumes cozidos e refogados em óleo vegetal ou margarina.
•    A maionese fornece mais calorias do que a salada só com azeite.

SOPAS E PURÊS
•    As sopas e purês poderão ser acrescidos de queijo ralado, requeijão, azeite, margarina e torradas.

CHANTILLY
•    Use no chocolate ou café.
•    Utilize nas sobremesas, gelatinas, pudins e coberturas de bolos.
•    Passe em panquecas e waffles.
•    Misture com frutas e sorvetes.

CREME DE LEITE
•    Adicione no purê, sopas, molhos, suflês, frutas, gelatinas, mousses, pavês e outros.
•    Use para preparar molhos brancos.
•    Misture açúcar ou leite condensado e faça recheio e/ou cobertura de bolos.

PÃES E BOLACHAS
•    Passe quantidades extras de margarina, maionese, geléias, patês, mel, melado, etc.

FRUTAS
•    As frutas podem ser utilizadas das mais variadas formas, em todas as refeições e preparações como, por exemplo, no lanche da tarde ou como sobremesa do almoço e em bolos, tortas, mingaus, leite, iogurtes, etc.
•    Acrescente a elas leite condensado, creme de leite, mel, açúcar, granola, etc.
•    As frutas secas e em compota contém mais calorias.

LÍQUIDOS
•    Ao invés de ingerir somente água, utilize sucos de frutas naturais adoçados com açúcar ou mel durante todo o dia entre as refeições.

SUPLEMENTOS ORAIS
•   Consulte seu médico ou nutricionista sobre a utilização de suplementos orais na dieta. Os suplementos são bebidas completas, desenvolvidas para auxiliar o paciente a atingir a ingestão adequada de calorias, proteínas e nutrientes de uma forma simples para o paciente.

O médico ou nutricionista devem ser sempre consultados, pois são os profissionais habilitados a orientar e individualizar a dieta de cada paciente.